diary pages #14


Hi teddy bears,
Desculpem o facto de não ter aparecido durante a semana toda. Aliás, tenho é de me pedir desculpa a mim mesma, por não ter cumprido à risca o objectivo de fazer disto um diário. Mas, desculpas à parte, passo a explicar. Precisei de pensar. Precisei de estudar. Precisei de estar comigo mesma. Aliás, ainda preciso. Ando cansada e, ainda por cima, estive doente. Mas, felizmente, este último contratempo está a passar. O primeiro, é que nem tanto. Estou cansada de ser sempre a mesma insegura. Apesar de tudo, ainda tenho um medo enorme de que o Peter me faça o mesmo que o Lenny me fez. Sim, eu sei que ainda não vos falei no Lenny, mas nunca se proporcionou. O Lenny foi o meu namorado, antes do Peter. Namoramos três meses e ele dizia todos os dias que me amava, mesmo quando os seus atos não correspondiam às suas palavras. Eu tentava sempre acreditar no que ele dizia, apesar de sofrer bastante. Durante a última semana que namoramos, achei-o estranho, e tinha constantemente a sensação de que ele iria terminar a nossa relação, mas os dias iam passando, e ele dizia sempre que me amava. Numa sexta-feira, a nossa última sexta-feira, ele esteve comigo, disse que me amava e, à noite, terminou tudo comigo, dizendo já não gostar de mim. Chorei, chorei muito e, pela primeira vez, a minha mãe viu-me chorar por um rapaz. Ela deu-me os melhores conselhos nessa noite, isso não posso negar. Mas essa situação mexeu muito comigo e eu, se antes disso já era insegura, depois disso fiquei muito mais. E isso agora reflete-se muito nos meus atos com o Peter, e ele não tem culpa, eu sei disso. Mas eu não consigo controlar, é algo demasiado forte para ser controlado. Mas isto só acontece por eu o amar muito, e nada mais. Mas eu ando a lutar contra essa insegurança, embora, por vezes, tenha menos força e acabe por perder a luta...
With affection,
mary anne 

5 sweets:

{ α ♥ } | domingo, 27 novembro, 2011 disse...

pus um gosto lá em baixo, na coisinha do face :)
muita força!

{ R* } | domingo, 27 novembro, 2011 disse...

Obrigada minha querida. E quanto a este post, todos amamos de maneira diferente, mas não quer dizer que não amemos da melhor maneira que sabemos. Aposto que o Peter te ama mesmo, a não ser que não descrevas totalmente tudo no blog. Força querida*

{ EBA ☮ } | domingo, 27 novembro, 2011 disse...

não tenho outro remédio, se não esperar ... s:

{ helena * } | segunda-feira, 28 novembro, 2011 disse...

é mesmo querida (;

{ PaulaS } | quinta-feira, 01 dezembro, 2011 disse...

adorei o blog! já sigo, beijinhos :))

 

Copyright © 2010 day in day out All Rights Reserved

Design by Dzignine