diary pages #31


Hi teddy bears,
Ando finalmente a aperceber-me de quem realmente merece a minha presença. A pessoa que sempre chamei de melhor amiga - nunca a referi por cá - decidiu afastar-se, definitivamente. Andava sempre num vaivém, afastava-se, eu lutava e ela voltava. Desta vez não. Cansei de lutar por uma amizade sozinha. Em compensação, reavi uma amizade e ganhei outra. A Bonie, cuja ligação está cada vez maior, e o Miles. O Miles... sei que nunca falei dele. Conheci-o através do facebook em Dezembro. Ele meteu conversa comigo, do nada, e eu como não sou pessoa de não responder, lá continuei a conversa. Ao longo do tempo fomos falando e deixando de falar, era como calhava, até porque eu evitava fazê-lo visto que namorava. Agora nas últimas semanas ele mostrou-se um bom amigo, dos melhores mesmo, ao qual confio tudo, ou quase. Temo-nos dado lindamente e em muitas noites é ele que me faz rir quando a minha vontade de o fazer é quase nula. Hoje é um desses dias...
Fui dar uma das minhas voltas com a Bonie e, por mero acaso, calhou falarmos do Peter. Lembrei-me de dizer que ele tinha uma foto nova no facebook, à noite, e estava sozinha com óculos de sol. Rimo-nos e ela mandou-lhe mensagem a chamá-lo de "forever alone". Conversa puxa conversa, meteu o meu nome ao barulho. Perguntou se ele ainda gosta de mim. Ele respondeu um seco "não". Não sei porquê, aquilo afetou-me. A Bonie sempre me disse que ele lhe dizia que não me amava mas gostava de mim. Eu estou nessa situação, pensei que ele estivesse igual. Mas afinal não. E eu pensei que tinha esquecido totalmente. Mas afinal não. Mas tudo passa. E a Bonie e o Miles estão cá para me ajudar...
With affection,
mary anne 

9 sweets:

{ joana ; } | segunda-feira, 30 julho, 2012 disse...

como eu compreendo a parte dos amigos, aconteceu-me o mesmo há bem pouco tempo e sei como é mau. Mas há sp gente q compensa e q dá miminhos pelos que não querem saber de nós. Força*

{ joana ; } | segunda-feira, 30 julho, 2012 disse...

sim, realmente. Eu sempre chamei de melhor amiga a uma rapariga que conheço à muitos anos e até que há pouco tempo ela deixou de estar presente e eu acabei por me aproximar de pessoas novas que hoje em dia amo!
Obrigada, bem preciso*

{ joana ; } | terça-feira, 31 julho, 2012 disse...

nós nunca nos separamos , nem no secundário por isso é que ainda me custa mais a entender o afastamento. Mas vais ver que elas voltam ou nós perdemos o interesse. Não te podia dar mais razão, "tudo passa" :)

{ - Patrícia Barros ॐ } | terça-feira, 31 julho, 2012 disse...

É normal querida, tinhas uma outra visão dele, uma outra opinião até aquilo tudo acontecer.. e depois, secalhar sempre achas-te que o "momento" seria de outra forma, mais à "conto de fadas", pelo menos mais carinhosamente, o que é super normal, e acabou por não ser bem assim..
quanto a este texto, acho que é normal, apesar de tudo ainda é tudo muito recente logo afectar-te é normal :)

{ α ♥ } | terça-feira, 31 julho, 2012 disse...

bem , antes de mais , desculpa a demora a responder . depois , não te podes considerar parva por causa do que aconteceu ! . tu amavas-lo . é normal que o tenhas deixado continuar . que quisesses que esse fosse um momento especial com ele . mas pelos vistos , acabou por se tornar decepcionante s: . a meu ver , fazes bem em libertar-te disso , e dele .
e a ultima atitude dele , foi mesmo má . opá , levantar-se e vestir-se ?

{ Verónica Barros } | terça-feira, 31 julho, 2012 disse...

acredita que eu tambem princesa

{ Verónica Barros } | terça-feira, 31 julho, 2012 disse...

acredita que eu tambem princesa

{ joana ; } | quinta-feira, 02 agosto, 2012 disse...

és tu e eu.. hoje consegui estar com ela e sabes o q é sentir uma pessoa completamente diferente? foi isso que senti.

{ joana ; } | segunda-feira, 06 agosto, 2012 disse...

imagino eu agora nem sei q fazer :s ontem tentei falar com ela sobre assuntos banais e resultou até certo ponto, vamos ver a partir daqui.

 

Copyright © 2010 day in day out All Rights Reserved

Design by Dzignine