diary pages #41


Hi teddy bears,
Porque não me dão um minuto de sossego? E com minuto quero dizer dia. Hoje começou por ser um dia normal, tendo em conta que a minha definição de "normal" ultimamente anda um bocado alterada, mas pronto. Levantei-me para ir trabalhar com a minha mãe e na hora de almoço recebi uma notícia fantástica: o meu professor de matemática mudou e voltou a ser o mesmo do ano passado. Não imaginam a alegria com que fiquei, comecei aos saltos, com aquele riso de grande felicidade, a abraçar-me à minha mãe... uma festa que só visto. Deu para me pôr um sorriso no rosto durante o resto da tarde e para esquecer certos problemas. Depois de jantar, o dia continuou a correr bem, o Toby tinha mudado de atitude, conseguimos ter finalmente uma boa conversa, com brincadeiras e tudo isso. Finalmente pensei que tinha chegado a bonança, depois de toda a tempestade dos ultimos meses. Mas o problema é que essa bonança não vem na mesma quantidade que veio a tempestade. Depois de tudo isso, o Toby pôs-se a discutir com a Becky, uma das minhas melhores amigas, e a boa conversa que estavamos a ter acabou de um minuto para o outro. Não percebo, a sério que não. E começo a ficar com raiva de mim mesma por causa disso.
With affection,
mary anne 

5 sweets:

{ adriana ♥ } | terça-feira, 11 setembro, 2012 disse...

sim essa é a verdade. quando vires um post novo saberás que voltei, é a forma mais facil de avisar :') espero voltar bem, e obrigada por tudo mesmo!

{ cher } | quarta-feira, 12 setembro, 2012 disse...

e posso saber o que é (: ?

{ Verónica Barros } | quarta-feira, 12 setembro, 2012 disse...

- tenho um desafio para ti no meu blog (:

{ Maeve } | quarta-feira, 12 setembro, 2012 disse...

Já vi que sim. Fico feliz por ti, querida! (:

{ Maria João } | quinta-feira, 13 setembro, 2012 disse...

Boa, ao menos o teu professor continua o mesmo! :) vês? nem tudo é mau. E tal como este problema se resolveu, todos os outros vão deixar de ser problemas :)

 

Copyright © 2010 day in day out All Rights Reserved

Design by Dzignine