diary pages #47


Hi teddy bears,
Sinto falta de mim mesma, por vezes. Falta da minha inocência, falta do meu lado despreocupado. Sempre achei que tinha o meu futuro assegurado. Sempre tive amigos, sempre tive certezas do que queria fazer profissionalmente no futuro, sempre tive certezas de que alcançaria tudo desde que me esforçasse ao máximo. Mas durante esta semana parece que tudo se dissipou. Todos os dias tenho vontade de chorar, sem nenhum motivo e ao mesmo tempo com todos os motivos do mundo: o meu coração desfaz-se mais a cada dia que passa, sempre que vejo o Peter; sinto-me sozinha pois ninguém imagina aquilo que sofro dia após dia, nem o que o meu divertimento e as minhas palhaçadas escondem - na verdade, isso é só para me distrair a mim mesma, para não chorar; por fim, sinto-me a fracassar no meu maior objetivo, e o ano ainda está a começar. Durante esta semana estudei todos os dias o mesmo: matemática. Mais de quatro horas por dia, exercicio atrás de exercicio, quer do livro, quer de exames, quer de testes intermédios. E quanto mais exercicios fazia, mais me sentia perdida. E agora, no dia anterior ao teste, ainda estou assim. Sei a responsabilidade que tenho em cima dos ombros e sinto que me estou a desiludir a mim mesma. Porque sei que cada detalhe é importante. Mas o meu medo não é só o de falhar amanhã. O meu medo é de isto significar que o melhor é desistir deste meu sonho por não vir a conseguir as notas de topo que irei precisar para ingressar no mercado de trabalho. E eu queria tanto conseguir. Mostrar a todos aqueles que me dizem que vou cometer um erro ao seguir matemática no ensino superior por não ter saídas de que tudo tem saída quando nos esforçamos por paixão ao que fazemos. Mas se agora é complicado, tendo todas as explicações e ajudas do professor, como será mais tarde?
With affection,
mary anne 

2 sweets:

{ bloom } | sábado, 27 outubro, 2012 disse...

oh querida, ja me senti assim. mas tens que arrebitar, ganhar mais autoestima e principalmente, tens que aprender a sorrir e a superar os problemas. e tens que tentar por de lado tudo o que te faz sofrer. beijinho.

{ - Patrícia Barros ॐ } | sábado, 27 outubro, 2012 disse...

Ohh querida , tem calma .. não penses assim :x ha-de tudo passar !

 

Copyright © 2010 day in day out All Rights Reserved

Design by Dzignine