diary pages #36


Hi teddy bears,
O que é que eu tenho que atraia isto? O que fiz para estar a ser castigada desta forma? Até quando vão agir assim comigo? Porquê? São queridos comigo, conquistam-me e depois acabam por magoar-me da pior forma possível. Primeiro o Toby, agora o Miles. Sim, o Miles. O rapaz que eu julguei ser o mais perfeito com quem já tinha estado. O rapaz que me apoiou com os problemas com o Toby e me disse todas aquelas coisas bonitas quando ainda estava a superar tudo o que se tinha passado. Fui até casa dele hoje, íamos supostamente ver um filme. Estávamos no sofá e começamos a beijar-nos. Mas em poucos minutos ele tentou avançar para algo mais: masturbação. Neguei e tentei afastá-lo um pouco para que ele percebe-se os limites que queria estabelecer. Mas não serviu de nada e ele tentou desapertar-me os calções. Impedi-o, outra vez, embora ele tenha feito força para continuar lá com a mão. Passado pouco tempo, tentou pôr-me a mão dentro dos calções mas, apesar de ter conseguido, impedi-o a tempo. Sei que nessa altura devia tê-lo afastado de vez, mas não o fiz. Continuei e como ele estava em cima de mim não conseguia sair por muito que quisesse. Mas, pouco depois, ele meteu a mão por dentro da minha roupa interior e conseguiu o que queria, em poucos segundos. Tirei-o de cima de mim, sempre a tentar puxar o pulso dele para que ele tirasse a mão e quando finalmente o consegui afastei-o. Peguei nas minhas coisas que estavam no outro sofá mas ele pegou no meu telemóvel antes de eu o conseguir agarrar. Sentei-me nesse sofá enquanto ele estava no outro, deitado, e a dizer-me para ir para a beira dele. Segurei as lágrimas que me iam subindo aos olhos enquanto tentava processar tudo aquilo e as lembranças das cenas com o Toby voltavam. Engoli o choro, levantei-me e tirei-lhe o meu telemóvel. Ele agarrou-me e eu pedi por tudo para que ele me largasse. Largou-me e eu fui em direção à porta mas ele meteu-se em frente a ela de maneira a que não conseguisse abri-la. Perguntou se ia deixa-lo assim e eu só me lembro de lhe pedir que me deixasse sair, enquanto pensava para mim mesma que não podia chorar ali. Ele acabou por sair e me deixar ir e eu saí logo que consegui. Cheguei à rua e liguei imediatamente para a Bonie a perguntar se podia ir a casa dela, mas ela não entendeu o que se estava a passar. Percebeu que se tinha passado alguma coisa, mas pensou que fosse algo bom ou então menos mau. Andei o mais depressa que consegui e o cansaço ocultou o choro mas quando cheguei perto dela comecei a chorar sem conseguir falar nada. Depois lá me acalmei e o facto de ter ficado lá a jantar ajudou, para não pensar no assunto. O que tenho de errado para isto acontecer?
With affection,
mary anne 

29 sweets:

{ α ♥ } | segunda-feira, 13 agosto, 2012 disse...

óh , não tens nada de errado . isso acontece com toda a gente . e ele , tentou voltar a falar contigo , ou não queres que isso aconteça ?
quanto ao Toby , e às insistências dele , não te podes deixar levar nisso . deixa-o no passado , tal como pretendes fazer .
e sim , eu sei que deve ser bem pior do que qualquer pessoa pode pensar . aliás , eu também imagino tudo como num filme . e talvez um dia me vá desiludir .

{ rosemary. } | segunda-feira, 13 agosto, 2012 disse...

isso realmente é muito mau, forçarem-nos a uma coisa que não queremos, mas tens de ter força e não deixar que a história com o Toby te persiga para o resto da tua vida :x

{ inês geraldes } | segunda-feira, 13 agosto, 2012 disse...

acabei de ficar chocada com o que li! força!

{ α ♥ } | segunda-feira, 13 agosto, 2012 disse...

mas não podes pensar só assim . é verdade que a primeira vez é suposto ser a mais especial , aquela que nunca se esquece . mas podes mesmo tentar esquecê-la . não têm de ser todos iguais a ele . há de haver algum rapaz que irá dar-te essa sensação de estar num filme . ok , não era ele o certo , mas não te podes culpar por isso .

{ martasousa } | segunda-feira, 13 agosto, 2012 disse...

a 5º.

{ cher } | segunda-feira, 13 agosto, 2012 disse...

muito obrigada queria, sigo-te também (: , o que se passou? fiquei preocupada e principalmente chocada, só agora é que te descobri mas quero que sintas que podes contar comigo, força !

{ martasousa } | segunda-feira, 13 agosto, 2012 disse...

obrigada.

{ cher } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

oh meu deus, que horror :o

{ rosemary. } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

é claro que a história do toby vai andar sempre contigo, mas tens de aceitá-la e não tentares sempre fugir dela, se não nunca vais conseguir ultrapassar nada.
quando ao miles, todos nós temos alguém na nossa vida que não é o que esperamos, não podes generalizar, tens é de ter mais cuidado com as pessoas em quem confias, e vais encontrar alguém que te merece, acredita (:

{ TDelMona } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

meu doce, que se passou na minha ausência ? este texto deixou-me preocupada ... <3 tenho saudades tuas *

{ TDelMona } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

estou tão preocupada flor :s estive fora por uns tempos (ainda grandes) e quando volto o primeiro texto teu que lei-o é este ... quero que fiques bem porque tu mereces tudo de bom <3

{ cátia. } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

muito obrigada :)

{ micaela. } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

obrigada, também espero que sim. seguir de volta *

{ Maria João } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

Oh muito obrigada *.* sigo também :D

{ Maria João } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

não encontro o botão :c

{ Maria João } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

Já consegui fofinha ;)

{ Cláudia Ribeiro. } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

Muito obrigada! Também gostei do teu, e sigo de volta *

{ Maria João } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

De nada linda :)

{ adriana ♥ } | terça-feira, 14 agosto, 2012 disse...

tambem sigo! estas bem ? :X
obrigada <3

{ cher } | quarta-feira, 15 agosto, 2012 disse...

sem dúvida, deve ser horrível s:

{ Hope } | quarta-feira, 15 agosto, 2012 disse...

gostei muito do teu blog e segui, escreves super bem! beijinho, Hope*

{ lu de lúcia } | sexta-feira, 17 agosto, 2012 disse...

vi o teu blogue a participar no concurso de melhores textos, mas fiquei já abalada. o teu blogue é muito bom. a tua forma de escreves é tão tão tão bonita :$

{ lu de lúcia } | sexta-feira, 17 agosto, 2012 disse...

p.s. fiquei um pouco chocada com o que aqui disseste. como é possível? cada vez tenho mais certeza que não conhecemos as pessoas que temos ao nosso lado :$

{ - Patrícia Barros ॐ } | segunda-feira, 20 agosto, 2012 disse...

Acabei agora de ler todos os teus texto que não tinha lido por estar de férias & fora.. bem querida, ele estava a ser um querido contigo, percebo essa tua angústia, mas tu não tens nada de errado, eles é que são rapazes e nisso ás vezes têm ""pressa" mas o miles podia não ter má intenção , podia só querer mostrar-te que as coisas podem acontecer melhor da próxima vez, com mais amor, ser amor e não sexo haver troca de carinho & no fim continuar ali perto.. voltaram a falar depois disso? /:
quando ao toby, se nao o queres de volta, mantém-se firme e forte e não dês o braço a torcer mostra-lhe que te magoou de maneira a que nunca te vais esquecer..


p.s. bem queridos seguidores, tenho um blog novo, mas é privado quem quiser manda o mail e começa a fazer parte :) *

{ Filipa } | segunda-feira, 20 agosto, 2012 disse...

Força!
Sigo(:

{ rosemary. } | terça-feira, 21 agosto, 2012 disse...

eu entendo e tenho uma amiga que tem uma situação parecida, mas tu tens de tentar ultrapassar isso. talvez se deixares de procurar pelo príncipe, essa pessoa fantástica aparecerá e vais ver que te vai amar com todas as forças possíveis!

{ mary anne } | quinta-feira, 30 agosto, 2012 disse...

Hope, como não tens blog (pelo menos não aparece no teu perfil) agradeço por aqui *.*

{ lu de lúcia } | sexta-feira, 31 agosto, 2012 disse...

pois conforta, eu sei que conforta. mas é a verdade mesmo!!!!

{ Ritz } | terça-feira, 04 setembro, 2012 disse...

obrigada minha querida e não faz mal!

 

Copyright © 2010 day in day out All Rights Reserved

Design by Dzignine